Criança de 7 anos morre afogada na praia da Boca da Barra...

Criança de 7 anos morre afogada na praia da Boca da Barra em Rio das Ostras

Segundo informações da Defesa Civil, Alexsander Rosa da Conceição brincava com amigos longe da mãe e dos Salva-Vidas.

20
Compartilhar
Paciente segue internado no Pronto Socorro Municipal/ Foto: Reprodução Internet

Um menino de 7 anos morreu após se afogar na Praia da Boca da Barra em Rio das Ostras, no fim da tarde deste domingo (11), por volta das 17h30. Segundo informações da Defesa Civil, Alexsander Rosa da Conceição brincava com amigos longe da mãe e dos Salva-Vidas.

Ainda segundo o órgão, a localidade onde Alexsander se afogou é considerada perigosa e imprópria para banho, pois é usada para passagem de barcos. O corpo da criança foi levado pelos Bombeiros para o Pronto Socorro Municipal para minimizar a comoção popular, segundo a Defesa Civil. O caso foi registrado na 128ª Delgacia de Polícia de Rio das Ostras. Alexsander era morador do bairro Liberdade.

20 COMENTÁRIOS

  1. Eu estava na praia nesse dia ,eu vi o fato acontecido a mãe estava perto e tentou sim salvar a criança, Triste a língua do ser humano falar sem saber a real história . Vamos ter mais amor no coração e julgar menos o próximo .Vamos nos colocar no lugar dessa mãe que não conseguiu levar seu filho pra casa ,quem for mãe sabe o que estou falando !!! Vocês que hoje estão apontando e jugando essa mãe de família, reza a Deus pra língua não se voltar contra vocês mesmo ,ou contra alguém de sua família ,porque Deus sabe de TDs as coisas !!! Só Deus pode nos julgar .

  2. Gente não vamos julgar foi uma criança que se foi praia é um perigo na boca da barra tem muita correnteza e muito complicada que Deus conforte está família nada acontece sem a permissão de Deus ele sabe todas as coisa

  3. As pessoas não sabem de nada falam demais a mae e evangélica e nao bebe e por sinal e uma ótima mãe . Quem não pode ajudar também não fala porque criticar e fácil demais #POVOSEMNOÇAO.

  4. A grande verdade é que os pais levam os filhos para praia e se preocupam mais em encher a cara e curtir do que olhar os filhos. Filho é uma grande responsabilidade. Agora , coitada, só resta o sofrimento. Ninguém merece passar por isso. Não sei o que realmente aconteceu pois não estava lá. Mas o que se vê na praia é os pais bebendo, e as crianças na água.

    • Dissem quem tem boca fala o que quer né,hj que eu estou vendo esses comentários,vcs que estão fala da mãe dessa criança eu conheço e ela e uma ótima mãe vcs vim aqui fala o que não sabe e fácil garanto pra vcs , que vc nunca perderam um filho pq não estão nem ai pra mãe dessa criança que está sofrendo muito, cuidado pq o dia mau pate na porta de todos nós pq eu também perdi uma filha,que Deus possa perdoa vcs por julgar pq pelo que eu sei só Deus tem esse direito ,mas tem muita gente achando que e Deus.

  5. É lamentável ! Quem tem que ser os anjos da guarda dos nossos filhos são os pais ! Várias formas de evitar esses tipos de acidentes! Se não conhecem as praias ? Era só perguntar ao guarda-vida! Crianças tem que estar em campo de visão de um adulto ,responsável! Enfim…É lamentável uma criança indefesa perder a vida desta maneira! Os pais tem que proteger! Os guardas é apenas um suporte! É a lei da natureza, os pais protegerem os filhos de qualquer perigo!

  6. Bom dia!!Enfim é ótimo falar oq o coração está cheio.IMais isso ñ muda nada,o fato é : Qm deseja perder um ENTE QUERIDO???O recado é o seguinte :Moradora perde filho q se afoga numa praia tranquila.Isso quer dizer nem tdo q RELUZ É OURO,deveria ter placas com avisos.Ninguém é culpado.Foi uma tragédia?Sim,adianta tanto blá blá bla ?Oq nos resta é orar e pedir a Deus p confortar essa família q hoje chora por essa perda.Q Deus abençoe a todos.

  7. Primeiro se a praia era imprópria para banho como diz na reportagem pq a mãe estava lá? Pq os próprios guardas não avisaram que a praia era imprópria? Quanta solução poderia ter sido tomada antes da tragédia??? Agora realmente não tem como achar culpado, a prevenção seria o mais apropriado. Lamentável, as palavras da Moa Loppez realmente expressam tb a minha indignação. #semmais

  8. O problema não é tentar salvar !
    Salvar todos tentam estando no local, mas sim o fato de nos brasileiros pagar impostos para ter salva-vidas na praia e muitos outras coisas e não tem. E sim depois que a fatalidade ocorre é fácil falar vamos rezar pela família, sendo que a criança tinha 7 anos e realmente se não teve tempo de salvar é por que mãe e pai não estava prestando atenção, depois que notou já era tarde. E outra Paula você é muito abusadinha se a mãe estivesse realmente perto nessa notícia estaria mãe e filho morre afogados ! Não criança de 7 anos morre afogado !

    • Mais nesse caso so te afirmo q a mãe não estava bêbada não pq são meus vizinhos e eu a conhecia e um mulher muito guerreira e sem vínculo com o vício e outra foi uma fatalidade o q aconteceu com.essa criança so peço a Deus q conforte td família

  9. Lamentável. Tbm fiquei muito triste e comovido com essa triste notícia… meus mais profundos sentimentos aos amigos e familiares da criança, que tinha tanta vida e futuro pela frente. Só Deus mesmo, pra confortar nossos corações, nesse momento de angústia, dor e tristeza.

  10. Quantas pessoas amarguradas, ñ é hs de julgar A e B e outra a família disse que a mãe estava perto, mas infelizmente ñ conseguiu evitar a tragédia. Ao invez de julgar, deveriam orar para Deus amenizar um pouquinho de tamanha dor.

  11. Verdade! Eu estava lá muito triste, angústia que eu sentir ao presenciar essa lamentável cena. Que Deus possa conforta o coração dessa mãe e família. Meus sentimentos 🙁

  12. Você não deve conhecer la minha cara. É perigoso sim. E mãe não tem cabelo portanto até uma água rasa pode ser tornar perigoso. Nem precisa de culpados. Só a dor já e o bastante. Q Deus ampare a todos.

  13. Muito triste está situação. Estava nesta praia no momento do afogamento e a praia inteira se mobilizou para achar o menino, foi mais de uma hora de busca até finalmente encontrarmos. Estávamos na expectativa dele sobreviver, fizemos muitas orações, mas Deus sabe o que faz.
    Não é o momento de julgar a família, sabemos que crianças são levadas e um descuido pode ser fatal, e está é uma dor que eles vão levar para o resto da vida. Que Deus conforte seus corações!

  14. Longe da mãe e dos salva vidas, porque “a mãe” tava mais preocupada com outras coisas, né?! Me poupe. Mãe e pai, e PAI,( pois só foi mencionado a mãe) se ele não tem pai, e/ou só estava a mãe ali, ok.. Mas não muda o fato. Mãe tem que cuidar do filho, e os salva vidas, deveriam estar mais atento a todas às situações. Enfim… Não existe um ponto só para culpar em relação à isso, mas morrer afogado na boca da Barra, aquele mar que parece piscina, Rio, águas mansas e tranquilas é tenso.

    • Não é momento de achar culpados. Houve uma grande mobilização para tentar poupar a vida desta criança. Muito fácil apontar culpados quando não somos nós que vivemos este momento de angústia. Serve de alerta sim para todos nós, país ou não, mas a fatalidade já ocorreu. Agora é pedir a Deus pela família. E fazer nosso minuto de silêncio.

    • Vc estava na hora para saber se ele estava longe da mãe .pq a minha irmã tentou salvar ele notícias falam o que a população fala só quem tava lá sabe dizer e se vc não estava por favor não fale o que não sabe.valeu e que Jesus possa te libertar dessa lingua Moa Lopes

    • Vcs e um filho da puta e isso sabe pq , nem lá vc tava,
      E a mãe da criança e uma ótima mãe,nós que somos da familia nós sabemos o quanto ela cuidava do menino ai vem um infeliz dos infeno pra disse essas perda.

Deixe uma resposta