Grupo religioso denuncia apedrejamento em terreiro de candomblé em Búzios

Grupo religioso denuncia apedrejamento em terreiro de candomblé em Búzios

Religiosos denunciam ter sido vítimas de intolerância. Terreiro é alvo de ataques pela 4ª vez.

0
Compartilhar
Grupo religioso denuncia apedrejamento em terreiro de candomblé em Búzios/ Foto: RC24h

Integrantes de um grupo de Candomblé denunciam que foram vítimas de intolerância religiosa na noite desta terça-feira (24) em Búzios. Durante o ritual, algumas pessoas atiraram pedras no telhado do terreiro. O terreiro “Kwe Ase Dôya Nidan”, comandado pela mãe de santo Doné Fernanda D’Oyá, de 66 anos, já foi apedrejado quatro vezes, ninguém foi detido até o momento.

Segundo a mãe Doné o fato teria acontecido por volta das 19h30, enquanto ela e seus filhos estavam em função. Ainda de acordo com ela, adolescentes entre 15 e 17 anos teriam atirado pedras, que chegaram a quebrar o telhado e “por pouco” não atingiu a cabeça de um dos seus filhos. Com a intenção de evitar mais ataques, o grupo registrou o fato na 127ª DP (Delegacia de Búzios) e pediu por investigação.

Deixe uma resposta