MACAÉ: Morre aos 67 anos o jornalista Martinho Santafé

MACAÉ: Morre aos 67 anos o jornalista Martinho Santafé

Jornalista lutava contra um câncer desde o ano passado.

2
Compartilhar
MACAÉ: Morre aos 67 anos o jornalista Martinho Santafé/ Foto: Reprodução Internet

Morreu aos 67 anos, nesta terça-feira (5), em Campos dos Goytacazes, o jornalista, Martinho Santafé. Ele lutava contra um câncer desde o ano passado. Também poeta e artista plástico, Martinho criou em 2005, junto com a esposa, a publicitária Bernadete Vasconcellos a revista Visão Socioambiental e, em seguida, a primeira Feira de Responsabilidade Socioambiental, evento que entrou para o calendário da Bacia de Campos.

Sua carreira teve passagens pelas redações dos principais jornais da região, desde a década de 1970 quando desembarcou em Campos como correspondente do Jornal O Fluminense. De lá, passou pela Folha da Manhã (onde foi editor chefe e publicava artigos até os dias atuais), Jornal A Cidade, O Debate além de fazer correspondência com vários jornais da capital, em matérias do segmento offshore. Macaé sente a perda de mais uma parte de sua história.

Martinho era artista plástico, poeta e um ótimo parceiro profissional. Grande lutador pelas causas do meio ambiente, onde tinha em sua esposa Bernadete, uma incansável parceira de empreitada. Todo o meio jornalístico da região está de luto por essa grande perda.O corpo de Martinho será velado na capela Santa Casa e o sepultamento acontece no Cemitério do Caju, em Campos, nesta quarta-feira (6). O horário ainda não foi divulgado pela família.

Fernando Marcelo, jornalista, ambientalista e também amigo de Martinho se expressou em seu face: “Recebo, consternado, a notícia do falecimento do grande amigo, jornalista e ambientalista Martinho Santafé. Nenhuma homenagem estará à altura da contribuição que deixou para Macaé e região, para o jornalismo e para a ética ambiental. Mas tentaremos mesmo assim, inesquecível amigo. Descanse, querido amigo! Você fez muito por aqui!”.