Paixão de Cristo em Rio das Ostras destaca solidariedade de Verônica ao filho de Deus

O espetáculo será apresentado às 20 horas desta sexta-feira, dia 19, na Concha Acústica da Praça São Pedro.

938
Ensaio da Paixão de Cristo em Rio das Ostras_Divulgação

Tradicional evento da Semana Santa em Rio das Ostras, a encenação da Paixão de Cristo este ano volta o seu olhar para o povo que acompanhou Jesus carregando a cruz. Uma personagem, Verônica, a mulher simples que enxugou com um véu o rosto marcado pelo sangue do filho de Deus, tem destaque especial na trama. O espetáculo será apresentado às 20 horas desta sexta-feira, dia 19, na Concha Acústica da Praça São Pedro.

Uma realização da Fundação Rio das Ostras de Cultura, com texto de Henrique Haddenir e direção de Carlos Henrique Pimentel, a Paixão de Cristo será encenada por atores do Movimento Artístico da Cidade e alunos do curso de teatro do Centro de Formação Artística. A montagem promete ser arrojada, com parte do espetáculo encenado sobre andaimes, remetendo a uma cidadela e criando um ambiente de vários níveis.

A participação de Verônica na Paixão de Cristo costura os últimos momentos da vida do Salvador. O espetáculo celebra a igualdade e a generosidade por intermédio de uma simples pergunta dirigida ao espectador: “Se você, no lugar de Verônica, estenderia o véu para enxugar o rosto do homem que carrega a cruz”?