Noivos vendem doces nas ruas de Rio das Ostras e juntam dinheiro para casamento

Valor arrecadado já consegue custear casamento no civil, agora a busca é pela realização do sonho da casa própria.

5587

Sulamita, 19 anos e Matheus, de 18, o casal ganhou destaque nas ruas de Rio das Ostras, vendendo doces para conseguir juntar dinheiro e realizar o sonho de se casar e construir a própria casa. Ela reside no bairro Âncora, ele mora com a família em Nova Cidade, o casal tem a meta de morar juntos em breve, e construir um futuro dos sonhos, como é o desejo de qualquer casal em busca da felicidade.

Em entrevista ao Portal Cidade 24 horas Sulamita contou que a iniciativa de vender os docinhos foi de Matheus. A jovem disse que foi ela quem pediu o rapaz em namoro, na época estudantes do ensino médio, ajoelhada no Emissário de Rio das Ostras, a moça fez o pedido, acompanhado de uma aliança de compromisso.

Quando o casal começou a namorar, a idéia era conseguir dinheiro para fazer uma viagem para a comemoração do primeiro ano de namoro, porém os planos mudaram, com o passar do tempo, os desejos do casamento e casa própria se tornaram prioridade.

“Nosso objetivo era ter o nosso próprio cantinho para poder juntar as escovas e acordar todos os dias lado a lado”, disse Sulamita, a noiva apaixonada.

VID-20201105-WA0021

Sulamita conta que, apesar das vendas dos docinhos estarem dando certo, o casal precisava correr atrás de uma possível estabilidade no futuro. Os jovens terminaram o Ensino Médio recentemente, no CIEP 257 em Rio das Ostras, local inclusive onde se conheceram, chagaram a conclusão de que precisavam se profissionalizar para o futuro. Matheus voltou a fazer seu curso preparatório de concurso público e ela designer de sobrancelhas e assistente de fotografia, está com novos projetos profissionais pela frente.

“Estamos com pensamentos bem diferentes de quando começamos a vender doces, estamos com foco em conquistar estabilidade pra o nosso futuro, o Matheus voltou a estudar e está correndo atrás de um sonho que era pessoal, que virou um sonho nosso, e eu estou trabalhando. Também sou curadora do nosso brechó online que tem sido a única fonte de renda agora pra juntar dinheiro para a construção da casa”, contou Sulamita.

Sulamita e Matheus afirmaram que pretendem comprar um terreno e se preparar para o casamento já no próximo ano, após o término dos projetos futuros.

VID-20201105-WA0019

O valor contabilizado pelo casal até hoje com as vendas dos doces já vai ajudar no casamento tão sonhado pelos pombinhos, o sonho da casa própria ainda não será possível , pelo menos por enquanto, mas a união no civil está bem próximo de se tornar real. O primeiro passo de um casal de jovens com o futuro cheio de amor e luz e que ainda vai inspirar muitos outras pessoas pela frente.

Você que gostou, se identificou com a história de Sulamita e Matheus, pode colaborar com o sonho do casal através do Brechó Online.