Macaé e Rio das Ostras se destacam no Ideb do Estado do Rio de Janeiro

No Ensino Médio, o município atingiu a meta projetada pelo Ideb chegando a 5.1, acima da média estadual, de 3,5 e da média nacional, de 3,9.

723

Macaé e Rio das Ostras registraram índices positivos e subiram de posição em todos os segmentos na área de Educação, conforme resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nesta terça-feira (15), pelo Ministério da Educação através do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

MACAÉ: Nos anos iniciais (5º ano do Fundamental), Macaé subiu de 5.9 para 6.3 e ultrapassou a meta projetada pelo Ideb que foi 6.2 (bem acima da média estadual, de 5,4 e maior que a média nacional, de 5,7). No Ensino Médio, o município atingiu a meta projetada pelo Ideb chegando a 5.1, acima da média estadual, de 3,5 e da média nacional, de 3,9. Nos anos finais (9º ano do Fundamental), subiu três pontos, de 4.5 para 4.8, bem maior que a média estadual de 3,9 e da média Brasil de 4,5.

Desde 2015 Macaé vem apresentando uma tendência de crescimento em ambos os segmentos: anos iniciais  e finais. Em todas as edições a partir daí esteve à frente da média estadual do Rio de Janeiro e do Brasil, segundo dados da Secretaria Municipal de Educação. “Alcançamos a meta nos anos iniciais e Ensino Médio. Subimos três pontos nos anos finais, isto, a nível de Ideb, é muito bom. 

A maioria das escolas aumentou seu Ideb”, avaliou Larissa Rodrigues, Coordenadora da Avaliação Institucional da Superintendência de Supervisão de Ensino da Secretaria Municipal de Educação.O Ideb reúne em um só indicador dois conceitos fundamentais para a qualidade da educação — fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações.

Ele é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar do biênio, obtidos no censo escolar e de médias de desempenho nas avaliações do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb). O Saeb é a avaliação utilizada pelo governo federal, a cada dois anos, para medir a aprendizagem dos alunos ao fim de cada etapa de ensino: ao 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e 3º ano do Ensino Médio. O sistema é composto pelas médias de proficiências em Português e Matemática.    

RIO DAS OSTRAS:Rio das Ostras também foi destaque no cenário estadual no IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. A cidade atingiu a melhor marca do município nos últimos anos. 6,6 Anos Iniciais e 5,4 Anos Finais. Resultados nunca antes atingidos pelo município, se tornando o segundo melhor do Estado do Rio de Janeiro em Educação nos Anos Iniciais e ocupa a marca de quarto lugar em Anos Finais. Educação Pública Municipal em festa!