Macaé registra resgate de 110 animais silvestres em seis meses

1225
Macaé registra resgate de 110 animais silvestres em seis meses / Foto: Divulgação

No primeiro semestre de 2019, a Guarda Ambiental, ligada à Secretaria de Ordem Pública, atuou em diversas vertentes junto à população macaense. Cento e dez animais silvestres foram resgatados nesse período, além de ações de combate a incêndio e rondas preventivas. A secretaria atuou, também, no Programa “Liga da Preservação”, com os Guardiões Ambientais, com público atendido de 1,5 mil pessoas em 31 instituições.

As atividades dos guardiões ambientais contam com teatro de fantoche para crianças, palestras nas escolas, empresas e outros espaços. Os materiais apreendidos em operações são levados para demonstrações. Desde 2014, antes do surto da febre amarela, o órgão realizava trabalho de orientação desta patologia e de malária, em parceria com a Fiocruz.

O comandante da Guarda Ambiental, Vilmar Ribeiro, informou que esses últimos dois meses estão sendo dedicados à atualização da equipe com cursos de Suporte Básico de Vida, Prevenção e Combate a Incêndio, em parceria do 9º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro e Curso de Manejo de Serpentes e Animais Peçonhentos.

“Nosso objetivo é levar informação aos mais diversos públicos sobre a necessidade de desenvolvimento de um pensamento crítico, além da mudança de atitude. Buscamos despertar, assim, o sentimento de cidadãos conscientes ambientalmente, capazes de refletir sobre seus atos para a nossa própria sobrevivência como espécie”, pontuou Vilmar.

Segundo Vilmar Ribeiro, a ideia é contribuir com a sociedade como um todo, não apenas limitando a escolas. “Levamos aos mais diversos públicos a necessidade de mudanças de atitudes”, disse.

Mais informações para acionar a Guarda Ambiental pelo telefone 99701-9770. Já o e-mail do órgão público é gmambientaloperacional@yahoo.com. Ambas as comunicações podem ser feitas 24 horas por dia.