sexta-feira, novembro 22, 2019

Magno Lopez

COLUNISTA

Escreve sobre os movimentos culturais, mostra o trabalho dos artistas locais e dá dicas de entretenimento da região.

DE OLHO NA CULTURA E ARTE

Lú Oliveira: 25 anos de musicalidade

Como disse para vocês, estou aqui na região há sete anos. E, desde sempre, ouço falar de Lú Oliveira. Aliás, eu e muita gente. Ela, que só tem 25 anos de carreira e está há 20 anos em Rio das Ostras. É nome certo de ser encontrado nas casas de shows e nos eventos pela cidade.

MARISA MONTE?

Lú é carioca, do Méier. O chuveiro sempre foi o espaço que ela utilizou para soltar a voz. Entretanto, um dia resolveu ir gravar uma música no estúdio midmix, instalado no Barra Shopping, no Rio de Janeiro. "Entrávamos no estúdio e gravávamos a música que escolhíamos. Na época escolhi 'Bem que se quis', da Marisa Monte. No meio da gravação, eles soltaram o áudio da minha voz para o shopping inteiro. As pessoas começaram a descer para ver se não era a Marisa Monte (risos). No início a gente sempre tem aquela coisa de interpretar bem parecido com o cantor. Quando abriram a porta, saí eu, com um metro e meio de altura, do estúdio. Foi engraçado".

AMOR E A MÚSICA

Do estúdio no Barra Shopping, ela foi dando as "canjas", fazendo pequenas participações especiais. "Um dia fui cantar em uma banda no Rio e lá conheci meu marido, o Ronny Monteiro. Ele era baixista. Comecei assim, profissionalmente, tocando em bailes no Rio de Janeiro". Mas e esse talento todo? De onde veio? Lú contou que a mãe foi cantora de rádio, mas na época, como era menor de idade, não continuou a carreira. "Minha mãe canta muito".

SAMBISTA

Quando a pergunta foi: qual é o seu estilho musical. Lú não hesitou. Logo respondeu. Samba! "É um ritmo que eu gosto muito, mas canto pop e reggae também. Sou uma cantora da noite. Na noite, a gente é guerreira. Canta de tudo um pouco". Ela confessa que a praia dela não é muito o sertanejo, mas não fica de saia justa quando o pedido vem. "A gente faz e no final da tudo certo". Voltando pro samba, Arlindo Cruz, Fundo de Quintal e Beth Carvalho é o que ela costuma escutar.

FUTURO

"Com 20 anos de carreira, a Lú nem sonha mais (risos). Quero continuar fazendo meu trabalho, levando alegria para o público".

ACOMPANHE

Quem quiser conhecer um pouco mais do trabalho da Lú pode entrar no Instagram (@Lul_oliveira). É onde ela também posta a agenda de shows, que por sinal é bem movimentada. Agora, se quiser escutá-la, ela está quase todas as quintas-feiras no Festival de Novos Talentos de Rio das Ostras. É que a Banda Mister Brasuca, da qual é vocalista, acompanha a apresentação dos participantes.

Até o nosso próximo bate-papo, pessoal!

Mais Colunistas

Julianna Rangel

Escreve sobre dicas de beleza, maquiagens, moda, tudo que envolve o mundo feminino.

Anuncie aqui

210 x 400