Justiça libera funcionamento de igrejas, mas Rio das Ostras decide seguir determinação do Ministério da Saúde em mantê-las fechadas

2063
Justiça libera funcionamento de igrejas, mas Rio das Ostras decide seguir determinação do Ministério da Saúde em mantê-las fechadas/ Foto: Internet

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região atendeu a um pedido da Advocacia-Geral da União e liberou a vigência de um decreto editado pelo presidente Jair Bolsonaro que colocava igrejas, templos religiosos e casas lotéricas como serviços essenciais durante a pandemia do novo coronavírus, o que significa que eles podem funcionar.

Em Rio das Ostras, muitos líderes religiosos procuraram o Portal Cidade 24h para comentar sobre o decreto e questionando a liberação do funcionamento dos templos na cidade, mas a prefeitura informou que, seguindo orientações do Ministério da Saúde, vai manter o isolamento domiciliar para ajudar no combate a pandemia do coronavírus. Segundo o município, por enquanto estão liberados apenas os serviços essenciais, de forma parcial. Ainda de acordo com a prefeitura, qualquer nova decisão será publicada, por meio de Decreto, no Jornal Oficial.