segunda-feira, outubro 26, 2020

Ronaldo Lima

COLUNISTA

Coluna social onde a notícia é VOCÊ. Quero ter o prazer de registrar aqui os nossos melhores momentos. Apresento a vocês, Tudo em Foco, nossa coluna social do Cidade24h.

Jonas Machado já foi dançarino de funk: Veja outras curiosidades sobre o cantor

Se você mora em Rio das Ostras, já deve ter ouvido falar de Jonas Machado, dono de hits como (cita duas músicas suas por favor). Jovem cantor, se apaixonou pelo mundo da música, ao ouvir seu pai dedilhando sua viola e cantarolando grandes sucessos da música sertaneja. Essas e outras curiosidades você verá agora num bate papo bem legal com o cantor.

Começou a carreira com quantos anos?

JM: Comecei a cantar profissionalmente com 23 anos.

Como foi o início de tudo?

JM: O início foi complicado, no entanto eu desisti e fiquei 3 anos sem cantar, até que a saudade bateu e resolvi mergulhar com ainda mais força na música.

Como é a rotina hoje do cantor Jonas Machado?

JM: Minha rotina é aquela correria gostosa que músico tem, uma hora tá em uma cidade e 2 horas depois está em outra cantando e levando alegria para o público.

É fácil viver da música na nossa região?

JM: Pra quem ainda não é famoso, não é fácil viver de música em lugar nenhum, porém a gente segue na luta de ser reconhecido e admirado.

Sobre o grupo de funk, como foi essa mudança do funk para o sertanejo?

JM: Eu sempre fui sertanejo, e também sempre dançei muito bem, e na época o funk estava em alta, eu dançava em Rio das Ostras e nos demais baile da região, e também cantava sertanejo e moda de viola em praça João Pessoa, minha terra natal.

Suas inspirações?

JM: Minha inspiração em primeiro lugar foi meu pai, um excelente músico e cantor.

Nos eventos qual a música que não pode faltar no repertório?

JM: Tem várias que não pode faltar, mas a música 'dormi na praça' de Bruno e Marrone a galera pede muito.

Durante a pandemia, deu saudade dos palcos, como enfrentou essa solidão da ausência do grande público?

JM: Nessa pandemia mudou totalmente a rotina, muita vontade de ouvir o povo cantando e batendo palmas e vibrando com as músicas sertanejas que amo cantar.

Jonas Machado, a gente agradece com carinho esse bate papo super bacana aqui na nossa coluna, esperamos que esse momento passe logo e que você volte aos palcos. Lembrando que o Tudo em Foco, tem as melhores colunas todas as quartas, sextas e sábados, sempre com um tema diferente e um bate papo cabeça.

Até a próxima!

Leia também:

Agenda Cultural: Rio das Ostras recebe grandes nomes da música brasileira

Mais Colunistas

Mariângela de Castro

Escreve sobre conteúdo jurídico atualizado com uma linguagem acessível. Trazendo ainda informações e reflexões, que formem um conteúdo de valor, enriquecedor e prazeroso.

Anuncie aqui

210 x 400