Famílias carentes recebem cestas básicas e orientações nutricionais na Serra de Macaé

373
Distribuição de Cestas Básicas pela Catan mais Cras Corrego do Ouro 09 foto mporão NET

Famílias em situação de vulnerabilidade social da região serrana macaense receberam cestas básicas da Prefeitura de Macaé, na tarde desta quinta-feira (7), no Centro de Referência de Assistência Social (Cras-Serra). O benefício veio acompanhado de orientações da nutricionista Carolina Pires e de duas estagiárias de Nutrição da Universidade  Federal do Rio de Janeiro  (UFRJ). Elas ministraram a palestra ‘Benefícios Alimentares’.

A ação da Secretaria de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Acessibilidade contou com parceria da Coordenadoria da Área Técnica de Alimentação e Nutrição (Catan). Segundo Carolina, a proposta é incrementar a qualidade de vida do público-alvo para prevenir obesidade, magreza, hipertensão e diabetes.

”Queremos resgatar a cultura brasileira, incentivando o consumo de arroz e feijão, uma vez que pesquisas recentes apontam decréscimo na demanda desses produtos no país”, assegura Carolina Pires. Ela também explicou a importância de evitar alimentos ultraprocessados, como macarrão instantâneo, além de refrigerantes, e outros. 

Uma das famílias beneficiadas é a de Sthefany Pereira, de 20 anos. “A cesta básica será usada por três pessoas: eu, meu filho e meu marido. Veio em boa hora. Estamos com dificuldade financeira. Esse apoio passageiro é muito válido. Além do mais, seguindo as dicas da nutricionista, teremos garantia em evitar doenças provocadas por ingestão de alimentos nocivos à  saúde”, comentou ela.

Para a coordenadora do Cras-Serra, Amélia Rita, o benefício da cesta básica  é eventual, sendo disponível a famílias  cadastradas e acompanhadas pelo órgão, onde elas também são acompanhadas. “A cesta básica colabora para a renda familiar. Tem custo mínimo, promovendo condições melhores de sustento e de bem-estar social”, completa.