Estudante desenvolve maquete do Sistema Solar para alunos com deficiências em Rio das Ostras

1910
João Pedro foi convidado para ministrar uma palestra no Museu de Astronomia e Ciências Afins Foto Divulgação

O estudante João Pedro Porto Lopes, de 12 anos, do sétimo ano, estudante da Escola Municipal Francisco de Assis Medeiros Rangel, no Parque Zabulão, desenvolveu uma maquete do Sistema Solar e Lunar para estudantes com deficiências.

“Batizei o trabalho de Maquetes do Sistema Solar e Fases da Lua para alunos especiais. Vimos que o tato e as cores da maquete chamam a atenção das pessoas com deficiência, facilitando o aprendizado”, explicou o aluno, que deseja ser tornar astronauta ou médico.

“João Pedro é um excelente estudante. Sua maquete, com certeza, irá ajudar na aprendizagem de crianças e adolescentes. É um instrumento pedagógico importante para todos os alunos, em especial os que apresentam alguma deficiência”, destacou a professora de Ciência da Escola, Helena Seixa Gameiro.

A repercussão foi tanta que João Pedro foi convidado para ministrar uma palestra no Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST), no Rio de Janeiro, no último sábado, dia 29, apresentando sua maquete.

O trabalho foi apresentado no Ciclo de Palestras Mirim do Museu, que trouxe o tema Garotada no Asteroid Day. O evento contou com a participação de jovens pesquisadores de vários colégios de Ensino Fundamental e Médio que tiveram seus trabalhos em destaque na XII Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação (FECTI) do Rio de Janeiro, em 2018.