“Decameron – A Comédia do Sexo” volta ao Teatro Popular neste domingo (22)

Com direção de Vivaldo Franco, a peça reúne dois contos escritos na Idade Média por Boccaccio que, por meio do riso, levam a refletir sobre virtudes e sentimentos.

324
Viajando pelos vilarejos, o grupo diverte o público com histórias de amor e sexo_Foto Divulgação_Artefato

Retorna ao palco do Teatro Popular de Rio das Ostras neste domingo (22), o espetáculo “Decameron – A Comédia do Sexo”, que comemora seis anos de apresentações. O espetáculo vai começar às 20h. Com direção de Vivaldo Franco, a peça reúne dois contos escritos na Idade Média por Boccaccio que, por meio do riso, levam a refletir sobre virtudes e sentimentos.

No melhor estilo comédia-farsesca, a peça acompanha uma trupede atores ciganos durante o período da peste negra, que assolou a Itália no século XIV. Viajando pelos vilarejos, o grupo diverte o público com histórias de amor e sexo.

Enquanto levam diversão aos habitantes das localidades, tão castigados pela fome, pelo cansaço, pela peste, os atores vivenciam seus próprios dramas cotidianos. Tudo isso não diminui o amor desses ciganos pela arte e o prazer que sentem ao se apresentar.

Decameron, do escritor franco-italiano Giovanni Boccaccio (1313-1375), é um romance composto por cem histórias que abrangem as mais peculiares paixões e comportamentos humanos. “Clamores da carne”, a infidelidade conjugal e as trapaças sexuais são os temas recorrentes.

A obra tem a propriedade de revelar, em cada conto, que o proibido e o pecaminoso, altamente vigiados pelas autoridades eclesiásticas do final da Idade Média, concretizavam-se em práticas habituais no cotidiano das pessoas comuns, do clero e da nobreza.