Com falta de pagamento, funcionários da SIT podem paralisar serviços em Macaé

438
Foto: Maurício Porão / Prefeitura de Macaé.

O Sindicato dos Rodoviários de Macaé, anunciou, nesta semana, uma possível greve geral dos funcionários da SIT. O motivo, a falta de pagamento de dissídio referente ao ano de 2019, que segundo o sindicato, deveria ser pago no mês de março do ano passado. Além disso a classe afirma que está há um ano sem acordo trabalhista.

Por conta das reclamações, a SIT se pronunciou sobre o problema. Segundo a empresa, em audiência ocorrida no dia 21 deste mês no Tribunal Regional do Trabalho, ficou decidido pelo Desembargador Cesar Marques Carvalho que a empresa tem até o dia 3 de fevereiro para efetuar o pagamento da segunda parcela do 13º salário. Além disso, a Sit Macaé afirmou que está em negociação com o Sindicato da categoria em relação ao dissídio 2019.

A empresa reiterou que os demais compromissos como salários, plano de saúde, vale refeição, vale transporte, vale alimentação e prêmio por assiduidade estão sendo cumpridos nas datas corretas, assim como todos os impostos e depósitos de fundo de garantia.

A Sit Macaé disse ainsa mantém o seu compromisso com a transparência na informação aliada à qualidade da equipe para seguir o desafio diário de transportar pessoas.

Com informações do Notícias Macaé.