Com 310 casos de COVID-19 confirmados, prefeitura acaba com barreiras sanitárias em Rio das Ostras

23 óbitos já foram contabilizados.

12371

Quem passou pela Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106) nos últimos quatro dias, notou a falta das barreiras sanitárias, que já apresentavam falhas desde o anúncio de seu funcionando, em 13 de abril de 2020.

A instalação das barreiras era mais uma das medidas municipais de prevenção ao contágio e enfrentamento da propagação decorrente do novo Coronavírus, e estavam instaladas nos limites com Casimiro de Abreu – na RJ 106, na Patrulha Rodoviária e na RJ 162, em Vila Verde, e com Macaé – RJ 106, no posto da Patrulha Rodoviária, na Zen, e na Rodovia do Contorno, no trevo de Cantagalo.

Ontem pela manhã, fotos e vídeos começaram a chegar a redação do Portal Cidade 24 horas alertando a falta de funcionamento, todos os acessos estavam liberados. Desde que começou a funcionar, a barreira tem gerado polêmica, de acordo com moradores, uma das falhas era a falta de solicitação de comprovante de residência no momento da abordagem, o acesso era livre para os turistas, que durante os feriados acessavam livremente o município.

Por qual motivo eliminar as barreiras justamente quando os números de casos sobem disparados? Apertar o cerco era necessário, mas apertar de verdade, eliminando a possibilidade de pessoas de outras cidades terem acessos ao município, agora nem isso, lamenta a condutora, Neide Amorim.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (2), subiu para 310, o número de casos confirmados de coronavirus na cidade. 23 óbitos já foram contabilizados.

A prefeitura disse que adotou uma nova estratégia de ampliação da fiscalização no município e, por conta disso, encerrou o funcionamento das barreiras sanitárias. A partir de agora, será intensificada a fiscalização no comércio com equipes compostas com servidores da Vigilância em Saúde, Coordenadoria de Fiscalização, Procon e Guarda Municipal, inclusive, com ações no período da noite, para conferir se as medidas protetivas decretadas pelo Município estão sendo cumpridas.